In EXPO FUTURA

WHISPERING MIRRORS

   Curadoria de David Revés

Inauguração sexta-feira, 6 agosto | das 16h às 21h
Exposição: 7 de agosto a 26 de setembro de 2021 | Quinta a Domingo, 12h – 18h

Carpintarias de São Lázaro

Rua de São Lázaro 72, 1150-199, Lisboa 

Inserida na programação do The New Art Fest, inaugura a 6 de agosto, nas Carpintarias de São Lázaro, Whispering Mirrors, uma exposição de Rodrigo Gomes, com a curadoria de David Revés.

A partir da sua obra Ariane – que recebeu o Black Raven Award (prémio atribuído pelo The New Art Fest ́20) – um vídeo deepfake que problematiza a difusão e consumo de imagens, bem como as possibilidades operadas pela inteligência artificial e a forma como a técnica contemporânea e a hipertecnologia filtram a realidade para nos darem novas realidades simulacrais – Rodrigo Gomes apresenta agora Whispering Mirrors nas Carpintarias de São Lázaro.

Com a curadoria de David Revés, este projeto apresenta um conjunto alargado de novas esculturas do artista que se poderão constituir enquanto realidades orgânicas independentes do seu observador ao desenvolverem os seus próprios modos de existência, operacionalidade e visibilidade.

Numa das peças, imagens-vistas de vários corpos escultóricos formam a matriz introduzida num programa baseado em Machine Learning que sintetiza e gera uma multiplicidade de imagens através de uma progressão probabilística.

Os objetos escultóricos transformados em seres, nas suas múltiplas materialidades e dimensões, vão engolir, filtrar ou refratar as imagens que absorvem todo o espaço, criando uma espécie de respiração ou inteligência animista, dotada de vontade e desejos, que não dependerá de nós, espectadores, para existir.

Nesta coreografia de objectos e imagens, num fluxo e reflexos incessantes, e permanentemente mutáveis, encontramos um um aparato tecnológico hiper-saturado e imersivo que se completa e totaliza como uma espécie de organismo artificial, mas vivo, que se autorreferencia e se autoreproduz.

Rodrigo Gomes (Faro, Portugal, 1991) centra o seu trabalho na relação da escultura com a arquitetura, criando relações físicas e digitais através de conteúdos gerados por computador e sistemas de ‘machine learning’. Tem participado em diversas exposições coletivas e individuais nacionais e internacionais. Recebeu também vários prémios, como o D-Normal V-Essay Floating Points Award (Hong Kong) este ano, o Black Raven Award do The New Art Fest em 2020, os Prémios Novos na categoria de Artes Visuais em 2018 e o prémio Sonae Media Art em 2017. Em 2019 foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian para produção internacional e recebeu o prémio de mérito – Jovem Revelação pelo Município de Silves.

 

Whispering Mirrors é uma co-produção Ocupart e Carpintarias de São Lázaro.

O The New Art Fest tem a Direção Artística de António Cerveira Pinto e a organização da Ocupart.

The New Art Fest 20_21 tem o apoio da Direção Geral das Artes e da Câmara Municipal de Lisboa, e as parcerias do Museu Nacional de História Natural e das Ciências da Universidade de Lisboa, das Carpintarias de São Lázaro, da MOP, da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, da Companhia de Seguros Fidelidade, do Escritório de Advogados Sérvulo & Associados, da Associação de Turismo de Lisboa, da rádio SBSR, do Luggage City Center, Acrilfer, FabLab Lisboa e da Fixol.